A importância de aprender a pregar a palavra de Deus

Bem vindo a este artigo hoje eu quero lhe falar sobre a importancia de se pregar a palavra de Deus com nosso mini curso para pregadores iniciantes veja todos os detalhes.

Apresentação: Versículos 1-15, temos a apresentação desta epístola; a testemunha permanece nessa capacidade e constrói a totalidade de sua palestra sobre o que ele irá administrar. A apresentação desta grande carta é excepcionalmente filosófica, há indivíduos que dizem que se cada um dos livros da Bíblia fosse aniquilado, mas apenas a carta de Romanos permanecesse, teríamos no presente o evangelho claro e perfeitamente claro. Válido, não há maneira real de ler esta carta sem encontrar as boas novas da soberana soberania de Deus.

O tópico ou principal proposta da testemunha é encontrado nestes dois versos gritantes – Primazia do Evangelho de Deus. Este é o tema da carta. Por que pregar o evangelho? Aqui a testemunha nos apresenta deliciosamente a adequação das boas novas de Deus. Como ele faz isso. Começa com termos negativos: “Não estou envergonhado com o evangelho …” Haveria alguma explicação por trás disso em Paulo? A resposta apropriada é que tanto os judeus quanto os gregos desprezaram as boas novas de Deus, mas Paulo não se envergonha desse evangelho. Além disso, nesse sentido, o evangelho deveria ser transmitido. A pergunta é: por que o evangelho deveria ser declarado?

Veja No site http://beingofsoundspirit.com/curso-para-pregadores-iniciantes/

I – O evangelho deve ser anunciado sob a alegação de que é tudo menos uma razão para a desgraça do cristão. (vs.16a)

Observe como Paulo começa seu conteúdo “Pois eu não estou envergonhado com o evangelho”, o verbo grego “envergonhado” epaischynomai está no modo característico e no estado atual, isto é, ele não teve a disposição de ficar embaraçado com o evangelho – não foi algo em andamento – ele nunca ficou envergonhado, pois o modo demonstrativo nos leva a esse pensamento. Seja como for, com o que ele não está embaraçado? “Do evangelho” – (tò euangelion). O que isso implica? Isso implica que ele não está envergonhado com a mensagem, pois o evangelho é a mensagem do próprio Deus para o homem. O que é o evangelho? A palavra transmite o significado de notícias edificantes, você ficaria envergonhado de dar notícias edificantes? A proclamação do evangelho é a notícia edificante. Não entregue por homens, nesse ponto, Paulo nos mostra que o evangelho tem seu ponto de partida em Deus; e as notícias de Deus para o homem. É uma notícia edificante, não pode haver desgraça no anúncio das boas novas de Deus para o mundo. Contudo, o evangelho é o sinal da beleza soberana de Deus para os homens, pois é a mensagem principal que pode transmitir a salvação aos pagãos; a congregação tem essa mensagem e precisa denunciá-la e não deve ser impedida. Nota não é qualquer mensagem que relatamos, no entanto, é a notícia edificante que Deus nos ofereceu para declarar aos homens, “tranquilidade na terra generosidade para com os homens” este é o significado do evangelho, este evangelho é a mensagem sobre o afeto por Deus sobre os canalhas. Aqui está um impulso decente para o proselitismo é que a mensagem da Igreja se origina de Deus. Você não precisa falar suas palavras, mas simplesmente precisa falar as boas novas de Deus.

II – Paulo, adicionalmente, nos apresenta a explicação por trás de não ficar envergonhado com o evangelho (versículo 16.b)

Por que razão Paulo não se envergonha do Evangelho? Por que razão não devemos ficar envergonhados com o Evangelho? Paulo nos permite saber: “já que é a intensidade de Deus para a salvação”, a razão é que esse evangelho que a congregação recebeu de Deus para anunciar é o poder particular de Deus para a salvação. Deus poupa a mensagem do evangelho. Esta é uma certeza básica nas Escrituras (1Co.1.21 – satisfez a Deus poupá-los pelo frenesi de palestras). Quais são as ramificações deste querido? É com base no fato de que o evangelho em si é a intensidade de Deus, o evangelho não é ensinado com controle, no entanto, o evangelho é a capacidade de poupar, eu não preciso me incomodar com o chamado – quem precisa reconhecer Jesus para ter salvação – no entanto, apenas anunciar o evangelho é a intensidade de Deus para mostrar a salvação aos descrentes.

O que significa “a intensidade de Deus”? O que Paulo quer dizer com isso? Eu não posso ver geralmente que alude ao “poder que tem um lugar com Deus” .- isto mortifica os evangelistas! Nós não mudamos sobre ninguém pela nossa retórica, pela nossa voz, mas é apenas a intensidade de Deus que poupa os delinqüentes. A expressão grega aqui é “dynamis”, essa coisa mostra o movimento dinâmico de Deus no evangelho – isto é, há vida sendo dada no evangelho que se origina de Deus. Essa intensidade de Deus é descrita como uma das qualidades de Deus, isso implica que esse evangelho é aquele de poder impressionante que opera a salvação. Alguns dizem que o nosso Deus é pouco contrastado com o que é exibido na mídia, à luz do fato de que a mídia se maravilha efetivamente, mas a nossa própria não faz nada. Hogwash! Quão pobre é essa origem da intensidade de Deus. Irmãos sabem sobre uma coisa quando o evangelho é pregado, as sepulturas são abertas e os mortos são animados, a supremacia de Deus transmite vida interminável a um delinqüente perdido – Amém.

Saiba Mais

Fique com Deus até os próximos artigos